Produtividade na advocacia: evite perder prazos e tenha controle da sua rotina

6 minutos para ler
Compartilhe -

O que é gestão de tempo?

A gestão de tempo nada mais é do que você se organizar para entregar as demandas que você tem dentro do prazo com eficiência e qualidade.  A gestão de tempo está ligada ao estabelecimento de uma rotina levando em consideração disciplina para alcançar seu objetivo. Por isso o foco e a persistência são dois requisitos importantes na gestão do tempo.

Você precisa focar naquilo que controla, mas você deve estar se perguntando “mas o que eu controlo?” Pensando nesse universo de atendimento ao cliente, que é um das atividades principais do advogado, separamos alguns pontos nos quais você pode focar:

1- Os seus honorários: você não controla a renda dos seus cliente, mas pode controlar os valores dos seus honorários

2- A condução do atendimento: você não controla o engajamento do cliente mas controla como conduz todo o processo. Conforme  vai conduzindo o atendimento, você pode influenciar ou não o interesse do seu cliente.

3- O seu humor: a princípio, você não tem controle sobre o humor do seu cliente, mas  tem controle total das suas reações diante ao comportamento do cliente.

4- Organização das tarefas diárias: na advocacia, lida-se muito com prazos e processos e você tem total autonomia para gerir seu tempo. É importante  ter uma visão mais clara e pensar a longo prazo. Não corra risco de perder os prazos. Hoje há diversos ‘softwares’ que podem te ajudar. E se você quer tudo integrado ao seu celular, que tal usar o Google Agendas?

Além disso, para melhorar a sua produtividade, você precisa ter consciência de quais sãos seus pontos fortes e fracos, e descobrir o que está impedindo você de ser mais produtivo. Nessa etapa, o autoconhecimento é fundamental.

Uma dica é você listar todos esses pontos fortes e fracos , e entender quais pontos podem ser melhorados. Outra forma de você estabelecer quais são esses pontos é pedir ao seu cliente ou até mesmo colegas de trabalho um feedback.

Como lidar com feedback?

Existe um livro, que hoje é considerado um best-seller, que se chama Mindset. A autora é uma psicóloga norte-americana chamada Carol Dweck. Resumidamente, ela separa dois tipos de mentalidade que seriam o Growth Mindset (mentalidade de crescimento) e Fixed Mindset (mentalidade fixa) e cada um deles está muito ligado à forma de receber feedback, principalmente se tratando de um feedback negativo. Então, a pessoa que tem uma mentalidade “fixa”, provavelmente quando recebe um feedback negativo,fica muito abalada e não acredita que possa mudar. Já a pessoa com uma “mentalidade de crescimento” ao escutar um feedback negativo tem uma capacidade de ponderação sobre a situação e, isso consequentemente, leva a pessoa a fazer uma reflexão sobre o feedback que recebeu.

Não é o fim do mundo receber um feedback negativo e se você considera esse feedback válido saiba que precisará de esforço para mudar esse ponto específico.

Outros conceitos bem importantes nesse tópico sobre produtividade na advocacia são ligados à inteligência emocional. Confira quais sãos características de quem tem uma boa inteligência emocional : foco, resolução de conflitos, não guarda mágoa ou ressentimento e busca mais em si mesmo o foco da satisfação.

Saiba que também há os sabotadores da produtividade são eles:

  • auto-exigência
  • procrastinação
  • ansiedade
  • vitimização
  • agradabilidade
  • esquiva

Dicas rápidas sobre produtividade segundo a Harvard Business Review:

1- Seja estratégico e objetivo: Trace planos de ação estabelecendo sempre métricas para acompanhamento que mensuram seu desempenho e resultados.

2- Estabeleça um ritmo de trabalho: Tenha foco e disciplina. Ter uma rotina te ajudará a não esquecer de seus reais compromissos.

3- Precisou de ajuda? Então peça! Não hesite em pedir ajuda a alguém ou até mesmo um colega de profissão, ainda mais no Direito que possui inúmeras áreas de atuação. Se você não sabe fazer algo, não perca tempo e não corra o risco de ficar frustrado.

4- Antecipe e resolva seus problemas: Pense em qual objetivo você deseja atingir e quais possíveis obstáculos que podem surgir no meio do caminho.

5- Tome Iniciativa: Não espere alguém te pedir alguma coisa, tenha atitude de maior autonomia, tudo isso dentro do seu limite e até mesmo do seu escritório.

6- Seja Colaborativo: ajude seus colegas ou até mesmo seja uma pessoa mais generosa. Inclusive esse é  um dos fatores que podem auxiliar a deixar sua equipe mais motivada e engajada. Pode também influenciar a todos que estão ao seu redor até mesmo o seu cliente.

7- Um passo de cada vez: não adianta querer mudar tudo depois de ler esse artigo. Uma mudança de cada vez e, claro, dê prioridade a aquelas atividades que se você mudasse hoje iria economizar mais seu tempo.

8- Mude de comportamento: elimine tudo aquilo que te sabota. Busque criar novos hábitos eliminar comportamentos que afetam diretamente  sua produtividade.

9- Parceiros: será que seus colegas topam mudar junto com você? Ou até mesmo a sua família? Converse sobre isso, é importante falar sobre as dificuldades pelas quais você passa no trabalho e não apenas as grandes conquistas. Muitos colegas seus podem estar passando pelos mesmos problemas seus.

10- Busque aprimoramento:  ter conhecimento é primordial para que você consiga mais agilidade nas suas atividades. Na DALMASS, existem diversos cursos na área da advocacia que, com certeza, irão ajudá-lo a alcançar outros níveis em sua carreira profissional.

Conheça quais sãos esses cursos que a DALMASS oferece:

Direito Condominial

Direito Médico

Direito Tributário

Direito Imobiliário

Mediação, Negociação e Arbitragem

Entre em contato conosco. Conheça as opções de cursos disponíveis em nosso portfólio e encontre aquela que melhor se encaixa no seu perfil e objetivos profissionais!

Ah, e se você deseja testar o quanto você é produtivo, conheça o teste da Harvard que avalia como e o quanto você é produtivo. O teste é em  inglês mas você pode usar o próprio Google Tradutor para fazer a tradução. Ao final, você receberá uma classificação precisa do estado atual de sua produtividade, seguida de um relatório de feedback que oferecerá algumas dicas práticas sobre como você pode melhorar.

Posts relacionados

Deixe uma resposta